Universidade do Minho  

           
 
  Autenticação/Login
 
Contactos
Mapa do Site
   
  imprimir
 
voltar 
  
Os argumentos de Zenão contra o movimento
28 de Janeiro de 2008
Carlos Sá
(Departamento de Matemática Pura, Universidade do Porto)
 
Os argumentos de Zenão contra o movimento - a interpretação de Zafiropoulo.
Aristóteles dá-nos notícia de quatro argumentos contra o movimento,  que seriam da autoria de Zenão de Elea. Desde então, têm-se sucedido as tentativas de matemáticos, físicos e filósofos para desmontar as falácias destes argumentos. Limitar-me-ei a apresentar a interpretação de Jean Zafiropoulo (1950), que me parece
1) fornecer uma versão, dentro da enorme conjectura que é toda a história da matemática grega pré-euclidiana, relativamente verosímil;
2) permitir uma explicação muito elementar em termos de Teoria dos Conjuntos, eventualmente interessante para os professores dos Ensinos Básico e Secundário.
 
voltar 
 
  © 2022 Universidade do Minho  - Termos Legais  - actualizado por CMAT Símbolo de Acessibilidade na Web D.